Como criar pesquisa de satisfação para eventos

Como criar pesquisa de satisfação para eventos

Para se organizar um evento de sucesso, existe toda uma preocupação pré e durante para que tudo ocorra de uma forma profissional e satisfatória.

Programar tudo desde a divulgação, convites, a organização geral e a realização do evento em si, se torna imprescindível para o sucesso do mesmo.

No entanto, infelizmente poucos organizadores se preocupam em buscar saber sobre a satisfação ou a insatisfação dos participantes de um evento.

No nosso post daremos dicas de como criar pesquisas de satisfação para eventos possibilitando que a partir de agora você consiga perceber onde agradou e o que precisa ser revisto.

Leia mais!

Porque criar uma pesquisa de satisfação

Conforme já falamos que existe uma grande preocupação em fazer tudo certo antes e durante o evento para que ele aconteça de maneira a agradar a todos os presentes.

Lógico que após o término de um evento você reunirá sua equipe para uma avaliação do trabalho desenvolvido.

Mas, é necessário também que haja uma preocupação em saber do participante como foi o evento para ele.

E isto só será possível através de uma pesquisa diretamente com o público presente para que se tenha um outro olhar sobre o evento. O olhar do público ou do participante.

Esta pesquisa precisa ser criada para que através dela se consiga saber o que deve ser revisto ou melhorado, assim como mostrará a qualidade do serviço prestado no evento indicando a satisfação ou insatisfação do participante.

Como criar uma pesquisa de satisfação

Talvez o ponto mais importante para criar uma pesquisa é saber primeiramente o que será perguntado e a forma como será perguntado.

As questões devem ser elaboradas de forma clara e objetiva, valorizando o tempo do leitor e facilitando a interpretação dele, além de permitir que o estudo e a análise das respostas sejam de forma rápida e compreensível.

Evite formulários muito longos e complicados. Geralmente a opção de questões quantitativas e optativas são mais usadas, ou seja, organize uma tabela com notas de 1 à 10 ou com opções para preencher com X tipo: ruim, satisfatório, bom e ótimo.

No final da tabela pode-se optar por deixar espaço para sugestões ou considerações finais por parte do entrevistado.

Dicas de itens básicos para serem analisados

Abaixo, daremos algumas dicas de itens básicos que podem ajudar na criação de uma pesquisa de satisfação prática e fácil para o entrevistado e para você.

  • Quanto a divulgação;
  • A recepção;
  • As instalações;
  • Ao desempenho dos palestrantes;
  • Ao conteúdo e tema abordados;
  • A organização geral do evento.

Independente de escolher uma tabela com respostas quantitativas ou optativas, no final do quadro sempre deixe um espaço para sugestões ou considerações finais como opção.

Não esqueça de no início do documento dar uma pequena explicação sobre a finalidade dos questionamentos, explicando que servirá de análise para melhorar os próximos eventos.

Meios usados para a pesquisa

Agora é escolher que meio você vai utilizar para fazer a pesquisa.

Um formulário pronto com as questões e uma caneta ainda é um meio bem utilizado para este fim, embora não seja o mais agradável para o participante. Nem sempre ele tá a fim de preencher e o fato de ter alguém recebendo o papel preenchido pode constranger.

Muito provável que quando da inscrição para o evento você ficou de posse dos contatos dos participantes. O e-mail ainda é um poderoso aliado para esta tarefa. Você pode formular o questionário e enviar uma mensagem agradecendo a presença e pedindo a colaboração no preenchimento das questões para melhorar os futuros eventos.

Uma outra opção é você usar o Google Forms, ferramenta que vai possibilitar a criação do formulário online facilitando para o entrevistado e para você a visualização e interação no processo de resposta e da análise final.

Lembrando ainda que se foram usadas as mídias sociais para divulgação da realização do evento, estes canais serão uma porta para ouvir como foi o evento. Fique atento aos comentários.

Se você gostou do nosso post, compartilhe!

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Veja também: