Educação Corporativa: Por que é importante?

Educação Corporativa: Por que é importante?

Já falamos em um post anterior sobre a gestão do capital humano e sua importância dentro de uma empresa.

Falamos também sobre a necessidade de transformar as informações adquiridas de cada um em conhecimento para todos.

Embora exista muita confusão, sabe-se que existe uma grande diferença entre informação e educação, e hoje muito se houve falar na educação corporativa.

No nosso post de hoje falaremos do porquê a educação corporativa é importante para o seu negócio. Leia mais!

Diferença entre informação e educação

A maioria das pessoas confunde informação com educação ou vice-versa.

Informar significa transmitir a alguém conhecimentos sobre alguma coisa ou sobre como fazer algo.

Segundo o nosso dicionário Michaelis: doutrinar, lecionar. A palavra informar deriva do latim informare e é sinônimo da palavra ensinar.

Já a palavra educar, também derivada do latim: educare ou educere, significa conduzir para fora, ou seja, preparar o indivíduo para o mundo.

Ainda no dicionário Michaelis, uma das definições de educar é: dar ou oferecer (a alguém) conhecimentos e atenção especial para que possa desenvolver suas capacidades intelectuais, morais e físicas.

Mas, o dicionário vai mais longe e nos dá uma outra definição de educar: buscar atingir um alto nível de evolução espiritual; aperfeiçoar-se.

Talvez por isso em um texto intitulado Sabedoria, o educador Rubem Alves escreveu que “educar é ensinar a pensar, isto é, brincar com os conhecimentos”.

A educação corporativa

O termo ganhou força a partir de 1999 quando Jeanne Meister lançou o livro Educação Corporativa, onde escreveu que a educação corporativa é um “guarda-chuva estratégico para desenvolver e educar funcionários, clientes, fornecedores e comunidade, a fim de cumprir as estratégias da organização”.

Para a autora, as empresas já não esperam mais que os currículos empresariais sejam engrandecidos pelas escolas, assim, trouxeram as escolas para dentro das empresas.

Podemos afirmar, então, que através do conceito da autora a educação corporativa tem como base institucionalizar uma nova cultura de aprendizagem contínua e coletiva dentro do meio corporativo.

Ela não precisa seguir um único padrão.

Isso quer dizer que algumas empresas investem em cursos técnicos, outras em cursos de idiomas e algumas grandes empresas mantém uma Universidade Corporativa, sempre objetivando a capacitação e a qualificação profissional do trabalhador dentro das metas estabelecidas naquela empresa, mas acima de tudo priorizando a educação do ser humano.

A importância da educação corporativa para o seu negócio

Recorrendo mais uma vez a frase do educador Rubem Alves quando diz que educar é ensinar a pensar, com certeza, a educação corporativa só traz pontos positivos.

A educação corporativa vai promover o pensamento crítico de um grupo, além de proporcionar interação e geração de conhecimento coletivo.

Usando também a definição do dicionário, que informa que educar é buscar atingir um alto nível de evolução espiritual, a educação corporativa vai permitir que cada um dos beneficiados reconheçam que podem e que estão mudando e melhorando a cada dia, o que acaba impactando direta e positivamente no seu negócio.

Educar corporativamente é investir no ser humano em si e na empresa, é contribuir para um mundo melhor de forma geral, porque a educação corporativa vai despertar no educando valores éticos e morais elevados.

 

Gostou do nosso post? Convidamos você a ficar mais informado lendo nosso blog.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Veja também: