Jornada de compra: o que é e como criar?

Jornada de compra: o que é e como criar?

Já falamos aqui no blog sobre Buyer Persona, um conceito essencial para o Marketing.

Hoje vamos falar sobre outro tema diretamente ligado: a jornada de compra.

Também chamado de Buyer’s Journey, a jornada de compra consiste em basicamente mostrar qual é o caminho que sua persona percorre até efetuar a compra.

Compreender como funciona a jornada de compra do seu cliente é fundamental para aumentar as vendas e investir em divulgação e marketing de forma correta e assertiva. Continue lendo!

O que é a jornada de compra?

A jornada de compra é muito utilizada dentro do Marketing de Conteúdo e é uma estratégia essencial para trazer resultados para sua empresa.

A jornada de compra é dividida em quatro estágios:

  • Aprendizado e descoberta,
  • Reconhecimento do problema,
  • Consideração da solução,
  • Decisão da compra.

É importante ressaltar que se torna muito mais fácil traçar a jornada de compra do seu cliente se você já tiver a sua persona desenhada.

Aprendizado e descoberta

A primeira fase da jornada de compra consiste naquela em que o cliente ainda não sabe que tem um problema ou uma necessidade para ser resolvida.

Por essa razão, o primeiro passo é mostrar e fazer o possível cliente perceber que esse problema existe.

Seu papel nesse momento é produzir conteúdo que faça essa descoberta ser mais fácil e rápida.

Vamos supor que você tenha uma empresa que venda um software de organização financeira e sua persona é donos de MPEs que não fazem a separação do gasto pessoal com o da empresa, você chamou sua persona de João.

O papel da sua empresa nesse momento da jornada de compra é oferecer um conteúdo para o João que seja exatamente o que ele precisa ler, como “Dicas para se organizar financeiramente”.

Reconhecimento do problema

A segunda etapa da jornada de compra consiste na percepção do problema por meio de informações mais aprofundadas.

Basicamente, você deve fazer com o cliente perceba que tem um problema ou uma necessidade e a partir disso produzir conteúdo para que ele saiba mais e vá atrás de soluções.

Continuando o exemplo, João, nesse momento, poderia começar a notar que está tendo problemas para organizar o caixa da empresa devido a não separar o dinheiro pessoal e o da empresa.

Um conteúdo que sua empresa poderia ter é “Saiba qual a importância de separar seus bens pessoais do da empresa”. Assim, João vai entender de fato porque precisa fazer isso.

Consideração da solução

Agora que o cliente já sabe mais o tema, já reconheceu seu problema, ele irá atrás de soluções.

Nesse ponto da jornada de compra é necessário que ele veja seu produto ou serviço como solução do problema dele. Também é aqui que se precisa criar um senso de urgência, frisando a importância do problema ser resolvido logo.

No caso do nosso exemplo, um bom post seria “Softwares para organização financeira”, claro que frisando a sua ferramenta.

Decisão da compra

A decisão da compra, última etapa na jornada de compra, consiste na venda em si.

Nesse momento você deve mostrar quais são os diferenciais da sua empresa e convencê-lo que seu produto é a melhor solução.

O João pode ainda estar em dúvida sobre qual software oferece mais vantagens. Um post comparativo pode ajudá-lo a decidir. Depoimentos e cases de sucesso também são uma boa pedida.

Agora que você já sabe mais sobre a jornada de compra, não deixe de ler nosso post sobre Metodologia DISC: como melhorar seus resultados de vendas.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Veja também: