Cuidando da saúde da empresa: prevenção, diagnóstico e solução

Cuidando da saúde da empresa: prevenção, diagnóstico e solução

Uma boa saúde física e mental nos proporciona mais disposição e motivação para cumprirmos com nossas tarefas diárias, quer sejam elas profissionais ou pessoais.

Estar atento a qualquer sintoma diferente que o corpo apresenta é nossa obrigação.

Em uma empresa, não é diferente. Todos os empreendedores deveriam estar atentos à saúde da empresa.

Saber como está a saúde da empresa, o que se pode prevenir, como diagnosticar problemas e como solucioná-los, é o que falaremos no nosso post. Continue lendo!

O que é a saúde da empresa?

A palavra saúde origina-se do latim salus,ūtis significando “salvação, conservação”.

A exemplo do corpo humano, quando um órgão apresenta algum problema ou deficiência, praticamente todo o conjunto fica debilitado e prejudicado.

A mesma situação acontece dentro da sua empresa. Quando se verifica uma dificuldade em algum setor é sinal que toda a estrutura sofrerá uma consequência e consequentemente afetará a saúde da empresa no geral.

Todos os setores devem trabalhar com um mesmo objetivo e padrão.

Fazendo um autoexame

Quando se vai ao médico precisa-se fazer um breve histórico para ele do que se está sentindo para chegar no problema, não é mesmo?

De forma sucinta e prática faça um autoexame da sua empresa.

Esse diagnóstico deverá dar uma base de como andam suas vendas, controle de estoque, pagamentos, cobranças, ações de marketing, alinhamento de equipe e fatores que você leve em consideração.

Não esqueça de destacar no seu histórico como e quando sua empresa começou e quais eram os objetivos na época.

Faça um comparativo. Ela cresceu e atingiu uma maturidade empresarial?

Identificando e solucionando o problema

Como dissemos todos os setores de uma empresa precisam estar saudáveis para que ela mantenha uma perfeita estrutura.

Citamos aqui, alguns pontos que devem ser levados em consideração na hora de fazer o seu autoexame.

Conflitos internos

Num conjunto onde diversas pessoas de diferentes comportamentos, pensamentos e objetivos trabalham, é comum que existam conflitos internos.

Se esse é um problema que está afetando a saúde organizacional da sua instituição, você deve se aproveitar deles para fortalecer os laços entre todos e equilibrar a situação é um grande passo para a saúde da empresa.

Nesse caso, o gestor precisa estimular o diálogo e saber mostrar habilidades para superar e controlar o conflito ou promover eventos internos para integração.

Contas em dia

Alguns empresários afirmam que o financeiro é o coração de uma empresa, e quando o coração não vai bem, todo o conjunto não trabalha adequadamente.

Se for diagnosticado que a saúde da sua empresa está comprometida pela gestão financeira, deve-se estabelecer uma estratégia de vendas e compras adequada para que o coração volte a funcionar novamente.

Identifique atitudes e meios que podem comprometer a situação financeira da sua empresa e se esforce para estabelecer novos caminhos que a ajudarão equilibrar o financeiro.

Cuide do caixa, cobre inadimplência, faça cortes inteligentes.

Boa gestão empresarial

Se a sua empresa está doente, provavelmente ela não teve a devida gestão empresarial.

Segundo o SEBRAE, 50% das empresas legalmente formadas morrem no seu segundo ano de atividade.

Para que você não faça parte desta estatística é preciso que um programa de gestão empresarial seja desenvolvido, pois, só assim, a empresa como um todo, será observada e cuidada.

Mais uma vez afirmamos que o diálogo é de fundamental importância para que você, como líder e empreendedor, juntamente com sua equipe de colaboradores consigam avaliar o que se pode fazer para manter sua empresa vacinada e viva.

Tenha em mente que um bom líder consegue unir os seus colaboradores para vencer os obstáculos!

Não esqueça de compartilhar esse texto com seus amigos!

LEIA TAMBÉM

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Veja também: